11.3.09

BULLYING - Doença Psicológica

Termo inglês usado para descrever actos de violência física ou psicológica, com intenção e repetidos, por um indivíduo com objectivo para a intimidação, ou agressão ao sujeito que é incapaz de se defender.
O comportamento é agressivo e negativo, é executado repetidamente, e ocorre num relacionamento, onde existe um desequilíbrio de poder entre as partes envolvidas. Esta técnica força a vítima ao isolamento social. Isolamento esse, obtido por espalhar comentários, se recusar em se socializar com a vítima, criticar o modo de vestir, ou outros aspectos, incluindo a etnia da vítima, religião, incapacidades, etc. etc..

BULLYING, não é brincadeira. Nas escolas há crianças que sofrem em silêncio, pelos maus tratos dos colegas.

Tem ganho algum protagonismo em Portugal, raramente as vítimas oferecem resistência, apenas se isolam e, por vezes nem a escola (professores) e os pais tomam conhecimento.

Só posso classificar esta atitude de: "INCONSCIÊNCIA COLECTIVA".
Lumenamena

4 comentários:

pink poison disse...

Conheço e convivo com vítimas dos "bullies", é xenofobia nas escolas. Onde anda a nossa formação cívica?

Anónimo disse...

Passei a ter o conhecimento quando a minha professora de português mostrou um vídeo para a minha turma, não sabia que era tão grave assim.

Lumenamena disse...

Anónimo,

Sim, é muito grave, e a presença dessa agressividade se vê em algumas escolas.

Grata pela visita,
Lumena

Anónimo disse...

e ruim ja sofri:(