12.3.09

Eu - Ego


Eu gostaria de me sentir sempre feliz. Alguém não gostaria? Gostaria de sentir dentro de mim o sentimento de plenitude, que experimento quando me sinto feliz por aquilo que recebo. No entanto, a vida é cheia de paradoxos. Sei que não posso estar sempre cem por cento feliz, pois no dia-a-dia, também existe tristeza.

A existência humana leva a experimentar a tristeza para que possa reconhecer a felicidade. Preciso do preto para reconhecer o branco, preciso da fome para reconhecer a saciedade, preciso de carência afectiva para reconhecer a felicidade de amar.

Não nos sentimos agradecidos por aquilo que recebemos?

O Eu não sofre, quem sofre é o Ego.
Lumenamena

1 comentário:

pink poison disse...

"O Eu não sofre, quem sofre é o Ego.", ouvi esta frase vinda de uma psiquiatra. curioso...