2.7.09

A História do Mundo

As Pirâmides do Egipto

Pirâmides de Quéops , Quéfren e Miquerinos

Para os egípcios, as pirâmides representavam os raios do Sol, brilhando em direcção à Terra. Todas as pirâmides do Egipto foram construídas na margem oeste do Nilo, na direcção do sol poente. Os egípcios acreditavam que, enterrando o seu rei numa pirâmide, ele se elevaria e se juntaria ao Sol, ocupando o seu lugar com os deuses.

Um velho provérbio árabe ilustra isso: "O tempo ri para todas as coisas, mas as pirâmides riem do tempo".

Até hoje as pirâmides oferecem alguns mistérios para algumas mentes. A moderna engenharia não conseguiu ainda explicar como foi que se conseguiu trazer blocos de pedras de 2 a 10 ou mais toneladas, vindas de longe até o deserto, onde se encontram as pirâmides. Como conseguiram carregar pedras sobre pedras até uma altura de 146 metros (a altura da grande pirâmide de Quéops). Isso mostra como os antigos egípcios estavam avançados na matemática e na engenharia, numa época em que muitos povos do mundo ainda eram caçadores e andarilhos. Actualmente, milhares de pessoas no mundo inteiro acreditam num misterioso poder de concentração de energia e conservação dentro das pirâmides. Se considerarmos a construção da Grande Pirâmide apenas como uma obra de alvenaria, revestida com uma capa de pedra polida e uma reluzente ponta de ouro na extremidade, esse é, sem dúvida, o monumento mais polêmico de toda a antiguidade egípcia e a única das Sete Maravilhas do Mundo que chegou até nossos dias.

Contra a teoria da geopolimerização pesa nomeadamente o facto de que os antigos egípcios especializaram-se na extracção e transporte de enormes blocos de pedra. Ainda hoje é possível ver-se, numa pedreira abandonada, em Assuã, o famoso obelisco inacabado, com mais de mil toneladas de peso, que tem servido como fonte de informações das técnicas utilizadas na extracção de blocos de granito.

O Antigo Egipto fascina-me. Não é tanto por causa das múmias, pirâmides ou faraós, mas pelo facto das histórias e sentimentos de seres humanos como nós, se terem preservado ao longo dos tempos. Ao preservar o corpo, por razões religiosas, os egípcios acabaram por preservar memórias individuais. Também pelo facto de ficar a saber de pormenores do dia-a-dia de seres humanos que viveram há milhares de anos. Tudo leva a crêr que a forma piramidal tenha surgido no reinado de Horus Neter-ir-Khet, o mais conhecido pelo nome de Djoser, vindo a ser o local escolhido para aquilo que se pode considerar o primeiro ensaio de uma pirâmide. Toda a técnica egípcia de construção de pirâmides baseou-se na experimentação. É aqui que a Astronomia tem um papel fundamental na resposta a certas questões.

Porque razão existiam condutas minúsculas com uma certa orientação?

Para os antigos egípcios as pirâmides eram máquinas de renascimento, para tal era necessária uma determinada orientação que vigorasse e, que estivesse de acordo com todas as crenças religiosas e cosmogónicas. Era por isso importante que a pirâmide fosse um monumento perfeito.

Qual era a sua finalidade e, principalmente, como foram construídas?
Lumenamena

7 comentários:

pink poison disse...

A antiga civilização egípcia é sem dúvida fascinante. Não nos podemos esquecer que eram muito avançados para a sua época. Temo ter que fazer uma crítica: os temas que expões, amiga, são deveras interessantes mas os teus pontos de interrogação implicam uma participação quase obrigatória dos teus leitores assíduos. como eu. Comentar seria um acto voluntário. Ao estares a perguntar, na minha opinião, estás a pedir informação e não somente a mostrares o ser pensante que és. Um beijo

Fábio disse...

E pensar que um Decepticon está enterrado ali, rsrsrssss.

lumenamena disse...

Fábio - Decepticon (Transformers), não me parece que esteja lá enterrado!
Isso é mais umas das teorias duvidosas, que algumas mentes tentam nos fazer crêr.
A história do Antigo Egipto é belíssima e verdadeira. A mítica terra dos Faraós, essa civilização que dista de nós cinco milénios.
Consulta a documentação preciosa daquele povo.

Gracias!

Azoth disse...

Um bem-haja Lumenamena.

Se Quer saber sobre os mistérios do Egipto chame para a "conversa" o nosso carissímo amigo Hermeticum.

A minha opinião, atreva-se um pouco mais não se contente com as aparentes incertezas históricas, nem com contos egipcios fantasiosos do género Harry Potter de que as pirâmides são o primeiro frigorifico que à memória.

O verdadeiro papel das mesmas era Iniciático.

Sun disse...

Eu acho que no dia em que determinados "mistérios" forem descobertos, perderão o seu encanto como tantos outros já perderam.
Por um lado, penso ser extremamente importante procurarmos compreender, e quem sabe nos igualarmos a determinadas civilizações antigas em certos aspectos. Mas por outro, acho muito mais humano e mais belo, deixarmos que estes continuem sendo mistérios, e que continuem atiçando a mente humana o maior tempo possível...Um dia serão descobertos, não haja dúvida...mas, na minha singela opinião, na condição em que a civilização se encontra, é preferível deixarmos os questionamentos um pouco de lado, e partirmos apenas para a contemplação...

Um beijo :)

lumenamena disse...

Sun - Penso que os "mistérios" devem ser desvendados, não é por isso, que perdem o encanto. Serem descobertos agora ou depois, não invalida a nossa compreensão, e vermos toda a beleza desses mistérios.

Nunca devemos deixar de questionar e há uma parte da nossa sociedade, que não quer que ninguém questione coisa alguma, então devemos preferir sempre sermos livres no raciocínio, sem que ninguém nos imponha nada. Por vezes mesmo as mais pequenas ou irrelevantes.
É um dever questionar, ou aceitar tudo o que nos dizem? É óbvio que é importante questionar, porque nos pode revelar verdades escondidas, desmanchar mitos criados com uma intenção propositada de denegrir, e permitir-nos efectivamente ter um conhecimento mais profundo e factualmente mais correcto.

Agradeço a tua participação

Um beijo :)

Lumenamena disse...

Azoth - Toda a história sobre as pirâmides do Egipto, não tem nada de misterioso, nem isotérico, e muito menos um ritual Iniciático.
As pirâmides foram construídas para servirem de túmulos, precisamente dos Faraós.
Provavelmente me perguntará, porque razão nunca encontraram a múmia de um desses Faraós dentro de uma pirâmide?
Lhe direi que ao longo do tempo, as pirâmides foram saqueadas, daí o desaparecimento das múmias, e também dos tesouros.
As pirâmides do Egipto, não são as primeiras a serem construídas, são monumentos mais famosos do Egipto e mais conhecidos. Existem centenas delas no Egipto.
Os pesquisadores encontraram referências escritas a estes Faraós, junto daqueles monumentos, e tinham uma tecnologia extremamente desenvolvida.

Se Quero saber sobre os mistérios do Egipto, concerteza que não há-de ser com o Seu caríssimo amigo Hermeticum.

Um bem haja,
Lumenamena