25.2.09

Mente Criativa

Mente criativa, quando somos criativos usamos os mesmos blocos mentais todos os dias. A criatividade ocorre não apenas num lampejo brilhante, mas numa reacção em cadeia de pequenas faíscas. As pessoas criativas têm toneladas de ideias, muitas delas más. O truque consiste em eliminá-las. As ideias não surgem basicamente do nada, assentam sempre no que apareceu antes, estar atento no que os outros fizeram no nosso domínio de acção e discutir com pessoas de diferentes domínios.

APROVEITANDO O MÁXIMO DO DIA... Pessoas com o hábito de acordar cedo atingem o máximo da criatividade logo no início do seu ciclo diário. No final do dia, a concentração tende a diminuir. Pessoas mais bem sucedidas seguem estes padrões.
Despertar – 5:30 horas – Das 5:30 h às 6:00 h
Das 6:00 h às 8:00 h - (boa altura para a criatividade)
Das 8:00 h às 12:00 h - (boa altura para a resolução de problemas)

Horas críticas – 13:30 horas (realize tarefas de rotina durante este período, em vez de trabalho crucial, para evitar erros – a temperatura do corpo diminui e a mente hiberna no período a seguir ao almoço).
Das 13:00 h às 14:00 h – (má altura para a concentração)
Das 15:00 h às 16:00 h - (boa altura para a resolução de problemas)
Das 17:00 h às 20:00 h - (rejuvenescimento)
Das 20:00 h às 22:00 h – (má altura para a concentração)
Deitar – 22:00 h

… E TIRANDO O MELHOR PARTIDO DA NOITE
Aqueles que gostam de se deitar tarde são mais produtivos bastante depois de sacudirem a preguiça matinal. Para aqueles que se podem dar ao luxo de dormir até mais tarde, trabalhar depois da meia-noite pode ser uma boa ideia. Contudo, um período de sono inferior a oito horas pode prejudicar o desempenho cognitivo.
Despertar – 8:00 horas – Das 8:00 h às 10:00 h (má altura para a concentração)

9:00 horas – Pessoas que gostam de ficar em pé até tarde, frequentemente não tomam o pequeno-almoço. Sendo esta a refeição mais vital para a actividade cerebral.
Das 10:00 h às 12:00 h – (boa altura para a criatividade)
Das 12:00 h às 13:00 h – (boa altura para a resolução de problemas)
Das 13:00 h às 15:00 h – (má altura para a concentração)
Das 15:00 h às 18:00 h – (rejuvenescimento)
Das 18:00 h às 23:00 h – (boa altura para a resolução de problemas)
Das 23:00 h às 24:00 h – (má altura para a concentração)
Deitar - 24:00 horas
Meia-noite – Evite petiscos e bebidas noite dentro, pois a digestão não é a melhor amiga de um sono reparador. Se começar a trabalhar cedo no dia seguinte, aproveite esta altura para relaxar.

Conclusão: Baixa concentração Durante estes períodos de letargia mental, o relógio biológico do corpo muda de um estádio de actividade para outro.

Criatividade Antes de o cérebro ser inundado com os estímulos do dia, estes intervalos matinais são uma excelente janela para se realizarem brainstormings.

Resolução de problemas Quando o cérebro está “aquecido”, alerta e altamente activo, a concentração encontra-se ao seu máximo e deve ser aproveitada em tarefas como a análise e a memorização.

Rejuvenescimento Para se manter perspicaz, refresque a mente com exercício diário, como a leitura, a exploração artística e a solução de puzzles.
Fonte: Visão

1 comentário:

Carlos Bayma disse...

É legal aqui. Gostei do post.