14.12.09

Jesus Cristo


O Amor Eterno

Se reflectirmos sobre a mensagem de Cristo, podemos chegar a diversas conclusões, essencialmente a mensagem de Jesus é catalisadora, a forma como é alcançada é fundamental para que possamos analisar interiormente as nossas potencialidades. A mensagem de Cristo é eterna, basicamente devido à sua simplicidade, simplicidade essa, que faz com que seja difícil a compreensão da sua mensagem. Mas afinal, qual a mensagem de Cristo? O amor, da sua maneira mais simples, da sua forma mais pura, essa mensagem nos fala de um amor Universal, um amor fraternal, sem limites, isto faz com que a sua mensagem, ainda seja de difícil compreensão pela humanidade.
Que amor é esse?
De onde vem o amor?
O amor é a força motriz do Universo, o amor equilibra e alinha o cosmos, o amor é responsável pela vida em todos os aspectos, o amor é a realidade do Ser, é a integralidade do espírito. Simplesmente existimos pelo amor e para o amor, tudo que venha a ser diferente disso, não passa de uma ilusão. O amor como força Universal inesgotável renova-se a cada momento, ele não permanece imóvel, ele se alimenta, se desenvolve, se evolui. Após o contacto com o amor a modificação do Ser é total, ele integra-se novamente no cosmos, sente-se parte do todo. O amor emancipa a alma para a sua totalidade, ele faz de nós os seres que somos, ele abre-nos a verdadeira visão.
O amor pregado por Cristo é o amor Universal, onde amar os inimigos é tão importante quanto amar a si mesmo, onde o próximo não é apenas o próximo, mas sim um todo na essência divina. Somos todos parte do mesmo ser, todos uma célula de um grande organismo, é como o sangue, essencial para que todas as células possam ter a adequada nutrição, assim como o sangue é o alimento da célula, o amor é o alimento da alma.
Lumenamena

22 comentários:

Azoth disse...

Bom dia Lumenamena.

Verdadeira e bela mensagem que nos deixa.

Abraços Fraternos.

Lumenamena disse...

Azoth,

Grata e apareça sempre.

Abraços,
Lumena

TK disse...

Lumena querida...
Lnda mensagem!O Amor como base de tudo!!! Se tudo fosse feito por AMOR, o que poderia dar errado?
Tenho sugestão de um blog que fala de todos os tipos de Amor, do meu amigo Klaus, é afilosofiamor.blogspot.com, se puder, dá uma olhada.
Beijos

Abdoul Hakime Goul Djounoubi عبد الحكيم گل جنوبی disse...

Lumena, minha querida, em primeiro lugar muito boa tarde! Gosto de vir aqui te ver, hein... sempre a evoluir, sempre pensativa e reflexiva.
Tens uma visão muito direta do que Jesus veio trazer à humanidade, o amor. Concordo contigo, e é lamentável que, mesmo para as pessoas de bom coração, falar de amor ainda seja tão difícil. Imagina, então, para os que não têm|
Deus, ao criar o mundo, o criou com amor, e por amor. Devemos ser muito gratos à vida por existirmos e termos essa oportunidade maravilhosa de podermos correr atrás da nossa felicidade. Se a felicidade é nosso fim, o caminho até ela se trilha através do amor. O fim conduz ao começo. O amor, que é nossa orígem, nos conduz até ele, simples assim.
Boa semana e até breve, amiga. Meu bloguinho está fazendo um ano, e desde há muito tu tens sido uma presença constante nele, espero que essa presença possa se estender até o próximo aniversário, se Deus quiser, e mais além. Me trazes uma paz que é difícil de encontrar. Te respeito e te concidero muito, viu! Um abraço.
Restez avec Dieu.

Lumenamena disse...

TK querida!

Se tudo fosse feito por AMOR, nada dava errado.
O amor é como uma planta delicada, não deve ser forçado o seu crescimento. Assim, tudo dará certo.

Não resisti e fui ver logo o blog do teu amigo.
Lindíssimo!

Grata pela sempre tua presença,

Beijos,
Lumena

Lumenamena disse...

Querido amigo Hakime!

Como sempre teus comentários são maravilhosos.
Comunicas com muita delicadeza, inteligência, carinho, e muita sensibilidade, te faz tornar em sintonia com qualquer forma de expressão que brota da tua alma.

Grata e boa semana

Um Grande Abraço,
Lumena

Eduardo Aleixo disse...

Gostei muito, Lumena, de te ouvir falar, com tanto amor, sobre o Amor, força infinitamente poderosa, que Jesus mostrou na sua Palavra e actos, e que move o Mundo, e nós com ele, e assim nos vamos, como que num processo alquímico, nos transformando...Obrigado. Um abraço.

Lumenamena disse...

Eduardo Aleixo,

Grata por estares também presente numa linguagem Universal, Amor.
Sim, Jesus Cristo mostrou-nos e nos deixou esta mensagem belíssima.

Um Abraço,
Lumena

Diogo Rugeiro disse...

Peço desculpa.. é-me de todo impossivel concluir a leitura de algo que proclama o "amor" como sendo o que equilibra blablalba o universo, cosmos, whatever...

O amor não é eterno... têm prazo de validade... mas tende a ser mais que sufeciente para propocionar uma consolização, no ponto de vista relacional, entre duas pessoas, habitualmente de sexos opostos... (não me refiro portanto a meras amizades.. e excluo, pelo menos por enquanto o amor paternal...)

Mas se fossemos analisar o "amor" como uma "energia"... que sendo consequencia de uma reaçao quimica.. blabla... então, se optarmos seguir por um raciocionio... antigo - heraclito... em que todas as coisas são uma troca do fogo ("energia"), e o fogo, uma troca de todas as coisas"... então sim... O "amor" é deveras eterno... mas isso não implica que será sempre repartido de forma igual, nem tam pouco que será focado, nem que por infima parte, no seu "host" previo... o amor seria, talvez, uma partilha entre duas fontes energeticas "iguais" mas de fontes diferentes... e tal como atmos.. essas ligações.. podem ser ... "manipuladas"... comforme a presença de outros atmos.. e tendo em conta as suas proprias propriedades...

Lumenamena disse...

Diogo Rugeiro,

O post refere-se à tão sublime doutrina de humildade e de amor como a que Cristo ensina. Jesus foi o pregador do amor!
Digo isto, porque silenciou-se no mais profundo do seu Ser e não suscitou nenhum instinto de vingança, nem na palavra e nem no acto, com a força que só poderia fazer por um Ideal e o Sonho. Não levantou nem um dedo, e nem o tom da voz, ao dirigir-se a Pôncio Pilatos quando o prefeito, oprimido pelo povo, deveria escolher algo para restituir miséria de espírito e curar a praga com que vinham perecendo na Judéia, e sentencia quem o mundo deveria abrir mão.

Agora, "...analisar o "amor" como uma "energia"... que sendo consequencia de uma reaçao quimica.. blabla..."

Se estamos equilibrados, harmonizados, absorvendo boas energias, correspondentes ao nosso patamar vibratório, dificulta a absorção de padrões energéticos ruins, tem a ver com a tal energia.

Há quem diga que o amor não passa de uma reação química, de uma troca de energia, de uma mistura de fluidos. Há até matemáticos com fórmulas para calcular a precisão do amor. Há os que fazem distinção entre amor e sexo. Há os que não fazem. Há quem ame muito e muitos. Há quem ame a um só. Há os quem têm medo de amar. Mas não há nada mais verdadeiro do que esse "amor" eterno de Cristo.

Grata pelo comentário,
Lumena

Diogo Rugeiro disse...

Prova-me a sua existência! Prova a existencia de Cristo... e não de a necessidade de ter havido algo (causador do Big Bang...) Prova-me que a "lenda" é verdadeira... e que a sua forma e conteudo são reais!

Seja o que for o amor... tal como tu "descreveste"...é e sempre sera real! Agora .... por favor não me venhas dizer kem encinou o "verdadeiro amor eterno"... ja haviam "pais" antes dele ser "filho"...

Lumenamena disse...

Diogo Rugeiro,

Parece inacreditável que após 2000 ainda não acredites que Jesus existiu. "Fantasia", dizem uns, "lendas", dizem outros, coisas de quem não tem mesmo o que fazer, e assim por adiante!

Os historiadores não deram muita ênfase a Jesus na sua verdadeira época, e porquê?
Simplesmnte, porque ele era uma pessoa simples, do povo, nunca fora a uma escola, filho de carpinteiro, não tinha um "alto status", não tinha pais importantes da "alta sociedade". Os historiadores da nossa época dão alguma importância a este tipo de gente?
Claro que não!
Os daquela época também. Foi por este motivo que só bem mais tarde os historiadores perceberam a sua negligência. Jesus passara quase que despercebido e, hoje há muita procura a respeito das coisas que dizem sobre Jesus.
Mas há muita prova documental a respeito de Jesus. Infelizmente a maioria destas provas estão no Vaticano que mantém as portas fechadas para o povo. Algumas, porém estão no domínio público. Uma destas provas são os textos Bíblicos, principalmente dos quatro evangelistas. Através deles temos belíssimos ensinamentos deixados por Jesus. Entre estes textos temos o Sermão da montanha e as diversas parábolas.
Entre as parábolas temos a “do filho pródigo”, “do jovem rico”, “das minas”, “dos vinhateiros”, “do juíz iníquo” e assim por diante. Vimos então que Jesus estava preocupado com o povo pobre, os sofridos, os famintos, os peregrinos. Por outro lado ele usava as parábolas para exemplificar e explicar da melhor maneira possível os caminhos da espiritualidade. A linguagem nem sempre era acessível a todos uma vez que o povo da época era bastante rude ainda. Mas ele disse que um dia viria e explicaria da melhor maneira possível de modo que seus ensinamentos ficariam mais claros.

Muitos textos da Bíblia estão em linguagem figurada e precisam de se descodificar, os textos para a verdadeira compreensão. Alguns textos também contém erros, o que já foi debatido por muitos e muitos especialistas no assunto. Isto porque a Bíblia foi escrita por homens. Alguns erros contidos na Bíblia deve-se à imperfeição dos homens.
Por alguns destes motivos muitos não acreditam no nascimento de Jesus e acreditam que sejam invenção dos crentes, dos religiosos. Como não temos acesso aos documentos do Vaticano, temos outras provas documentais a respeito do nascimento de Jesus. Estes documentos são do domínio público.
O Sudário poderia ser uma prova da existência de Jesus Cristo, mas há muita controvérsia a respeito desse manto, pelo que deixamos de considerá-lo como uma prova cabal.
Mas um fato chamou a atenção da imprensa ultimamente. Trata-se de uma inscrição encontrada num ossuário descoberto recentemente em Israel. Parece ser a peça arqueológica mais antiga encontrada que diz respeito a Jesus.
A inscrição aparece na língua Aramaica, a língua que Jesus falava.
O importante é que temos prova da existência de Jesus, o mais perfeito espírito que apareceu na face da terra.

Isso de dizeres "...por favor não me venhas dizer kem encinou o "verdadeiro amor eterno"... ja haviam "pais" antes dele ser "filho"...", é do mais palerma que já ouvi em toda a minha vida.

Não se está a fazer comparações sobre amar alguém.

Um Bem Haja,
Lumena

Edson Carmo disse...

Grande Lumena,

Não há dúvida de que a mensagem de Cristo é eterna. Tal mensagem já ultrapassou a o limite de 2000 anos e, tudo mostra que enquanto houver humanidade, a mensagem do Cristo será cada vez mais amplamente divulgada e disseminada. O mais importante à considerar é que nos tempos de Jesus costumavam-se amar as melhores pessoas, as mais merecedoras – o que hoje não é tão diferente! Mas Jesus veio trazer uma nova praxi de amor: Amar o amor.

Parabéns pelo poste tão significativo,

Beijo no coração,

Edson Carmo

Lumenamena disse...

Edson Carmo,

Lindíssimo!

"...Amar o amor." - com sublimidade, com desapêgo, é a chave que abre todas as portas.

Grata,
Lumena

Abdoul Hakime Goul Djounoubi عبد الحكيم گل جنوبی disse...

Amiga, é verdade que houve um sismo aí em Portugal? Um pequeno terramoto? Estou preocupado... e se voltar? Estás bem?

Lumenamena disse...

Hakime,

Sim, ouve várias réplicas, umas 15 réplicas desde à 1:35h de madrugada.
O epicentro foi no mar, em direcção ao Alentejo.
Aqui em Leiria, senti a primeira e a segunda réplica. Foi fraquinho, mas hoje de manhã voltou-se a sentir às 7h.

Sim, eu estou bem.

Abraços,
Lumena

Norma Villares disse...

Caminheiro(a) Evolutivo(a)
Uma pessoa sábia encontra seu verdadeiro lugar no mundo, e vive de acordo com o que o destino lhe reserva. Sua força interior alimenta suas ações e todas as pessoas beneficiam com suas ações.
A chama espiritual do ser humano espiritualmente espalha-se além de suas ações no mundo. Aquilo que é invisível e não possui substância física, não tem significação se não influenciar o aprimoramento das ações do homem e de outras pessoas. O sucesso vem para os humildes de alma e coração, que oferecem seus sacrifícios para maior benefício de outras pessoas no mundo.
Que a força e a luz do Cristo que tudo permeia no Universo, posso envolver você e sua família neste Natal. E que esta energia perdure por ano de 2010.
Feliz natal!
Ano Novo de muitas realizações
São os votos sinceros
Sublimes abraços.

Rener Brito disse...

Mas a religião tem deturpado esta simplicidade, institucionalizando a fé das pessoas e condicionado-as a um “amor” mecânico por meio de deveres e obrigações.

Edson Carmo disse...

Quem é Jesus? Você sabe quem é Jesus?

Essa é uma pergunta que tem sido feita e também respondida por mais de dois mil anos. Mas será que a resposta a esta pergunta é correta?

Muitos acreditam apenas em uma metade de Jesus. Por exemplo: os Judeus só podiam acreditar que Jesus era homem. Já os Cristãos só podiam acreditar que Ele era apenas Deus.

Quem é Jesus? Deus ou Homem?

Os Cristãos não querem ver Jesus como alguém que fora homem de carne e osso – homem como qualquer outro.

Se os Cristãos admitirem isso, então terão que serem perfeitos como Ele – sem pedado. Por isso os Cristãos só querem ver a Divindade de Jesus, para poderem justificar seus pecados com a seguinte desculpa: “mas Jesus era Deus.”

Já os Judeus não querem acreditar em Jesus como Deus, como Luz, como Verdade...

Se os Judeus admitissem isso, então eles teriam que abandonar as suas tradições.

Quem é de fato capaz de acreditar em Jesus em sua totalidade?

Quem não é capaz de receber Jesus em sua totalidade, também não é capaz de transformar-se. Se não sou capaz de acreditar que um homem pode ser Divino, como posso me transformar?

Jesus ao mesmo tempo é Homem e Cristo, e nunca negou isso. Daí a bíblia registrar diversas vezes Suas afirmações: “Eu sou o filho do Homem” e também: “Eu sou o filho de Deus.”

Lembre-se, a contradição não está em Jesus, no Cristo. A contradição está na mente do homem perdido.

Edson Carmo

Lumenamena disse...

Norma Vilares,

Bonito seu pensamento.

Meus votos sinceros de Feliz Natal e Próspero Ano 2010.

Abraços,
Lumena

Lumenamena disse...

Rener Brito,

Sim, a religião tem deturpado a própria fé das pessoas.
A fé não precisa de religião. Surge de uma relação pessoal com Deus. Aparece da verdade interior, da comunhão com a alma.

Um Abraço,
Lumena

Lumenamena disse...

Edson Carmo,

Bonito texto para reflexão.

Sempre Grata,
Lumena